irl.s-cars.com.ua

O português europeu[1] (português lusitano[2] ou português de Portugal) é a designação dada à variedade linguística da língua portuguesa falada em Portugal continental, nas regiões autónomas da Madeira e dos Açores, e pelos emigrantes portugueses espalhados pelo mundo, englobando os seus dialectos regionais, vocabulário, gramática e ortografia. De acordo com a legislação da União Europeia, o português é uma das línguas oficiais da União (sendo língua de trabalho do Parlamento Europeu, mas não da Comissão Europeia), pelo que em textos internacionais da União, bem como nos respectivos sítios oficiais, é usada a norma europeia.[3] Também é ensinado em Espanha, sobretudo na comunidade autónoma da Estremadura[4] e em todo o mundo através do Instituto Camões. Na ausência de normas-padrão próprias, os outros países lusófonos (com excepção do Brasil) seguem as convenções da norma portuguesa europeia, existindo assim cerca de 65 milhões de habitantes (de acordo com os últimos censos) em regiões que adoptam o português europeu. A chamada "variedade-padrão" do português europeu é, segundo alguns autores, constituída pelo "conjunto dos usos linguísticos das classes cultas da região Lisboa-Coimbra"[5].

Comments